PINK FLOYD O ULTIMO ALBUM, 2014

PFFullThe Endless River, é o primeiro disco da banda em vinte anos, chega no dia 10 de Novembro. David Gilmour e Nick Mason terão começado a gravar o disco em Novembro de 2013, contando com a ajuda do guitarrista e produtor Phil Manzanera (Roxy Music). Nesse disco será possível ouvir gravações originais de Richard Wright (no orgão), que foram registadas em ensaios em Junho de 1969.

Endless River, será o último da banda. A confirmação foi dada por David Gilmour.

O físico britânico Stephen Hawking participa em The Endless River , o novo álbum dos Pink Floyd, com edição agendada para 10 de novembro. Hawking empresta a sua voz, gerada artificialmente devido à doença esclerose lateral amiotrófica, ao tema “Talkin’ Hawkin’”, um dos 18 temas do disco.

Maioritariamente instrumental, o álbum contará com a voz do cientista, que já tinha servido de narrador no tema “Keep Talkin’”, integrado no álbum The Division Bell , editado há 20 anos pela banda.

Numa entrevista à BBC, David Gilmour revelou que este será o derradeiro álbum dos Pink Floyd: “o Rick [Wright] já cá não está. Esta é a última coisa que vamos editar. Tenho a certeza de que não haverá nada depois disto”.

Anúncios

30 ANOS DOS POP DELL’ ARTE

ng3618781Os Pop Dell Arte em 1995

A celebrar três décadas de vida, os Pop Dell’Arte são paradigma de uma busca de personalidade e diferença que animou a geração que inventou uma cultura alternativa no Portugal de meados dos anos 80.
Depois de normalizada a vida política e de criada uma cultura jovem no Portugal de inícios dos anos 80, o passo seguinte para muitos foi o que procurou aprofundar o gosto pela busca de novos desafios, estimulando a criatividade para além dos limites normativos. Da música à moda, a Lisboa de então acolheu novos vultos e ideias. Diferentes entre os diferentes, os Pop Dell’Arte surgiram em inícios de 1985 com o (mítico) Concurso de Música Moderna do Rock Rendez Vous na mira dos seus primeiros objetivos.

JOANA VASCONCELOS NA MODA LISBOA 2014

pistolaA peça de Joana Vasconcelos, uma gigante pistola Beretta composta com mais de uma centena de telefones fixos pretos de disco, foi montada na passerelle do Pátio da Galé e integrou o desfile da coleção de Filipe Faísca.

Call Center’ de Filipe Faísca foi a sensação do segundo dia da Moda Lisboa quer pela coleção leve, sofisticadamente despretensiosa e pelo facto de contar com a presença inédita de uma peça da artista plástica Joana Vasconcelos, chamada também ‘Call center’ e que tinha o formato de uma pistola Beretta dos anos 70 feita de telefones pretos. As modelos criaram momentos de interação com a peça, tendo alguns dos convidados e jornalistas uns auscultadores topo de gama da Samsung nos ouvidos durante o desfile, para poderem ouvir o som dos telefones.

A peça de Joana Vasconcelos e a coleção de Filipe Faísca foram criadas “ao mesmo tempo”, contou a artista plástica à Lusa momentos antes do desfile.

“O Filipe visitou o ateliê, expliquei-lhe o que estava a pensar fazer e ele falou também do que ia fazer. Avançámos com os projetos ao mesmo tempo”, disse.

‘Call Center’, que dá também nome à coleção do criador de moda, é também “um instrumento”.

“Foi uma ‘joint-venture’ também com o músico Jonas Runa”, que compôs uma sinfonia eletroacústica para os 168 telefones que compõem a obra.Esta não é a primeira vez que a artista trabalha com criadores de moda, no entanto é a primeira vez que tal acontece com um português. Além disso, das outras vezes, a colaboração da artista plástica com criadores de moda “não passou por intervir na passerelle”.

Trabalhar com Filipe Faísca foi “facílimo”, já que os dois são “amigos há muitos anos”.

“Estivemos sempre juntos a fazer a obra”, reforçou.

O desfile começou com Sofia Aparício e outras manequins a atenderem alguns dos telefones que compõem a obra. O que ouviram foi audível apenas para alguns dos presentes, a quem foram distribuídos ‘headphones’.

MORRISSEY HOJE EM LISBOA

ng3605230Morrissey passeou no Chiado em Lisboa, antes do concerto de hoje há noite no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, com a sua digressão mundial de apresentação do álbum ‘World Peace is None of Your Business’.
No sábado foi fotografado a passear na zona do Chiado.

A fotografia que mostra Morrissey a atravessar a rua perto do Largo de Camões foi publicada na página de Facebook “Mozzerians of the world, unite and take over”.

Ao fundo, na imagem, um dos típicos elétricos de madeira amarelos lisboetas.
‘World Peace is None of Your Business’ foi gravado nos La Fabrique Studios, em Saint-Rémy-de-Provence, no sul França.

Natural de Manchester, no Reino Unido, Morrisey, de seu nome completo Steven Patrick Morrissey, liderou os The Smiths, banda ativa entre 1982 e 1987.

SWANS

1687807Swans lançaram em 2012 o LP, The Seer e este ano os pioneiros experimentais confirmaram a reedição me vinil o album, Filth 1983.

O projeto foi remasterizado por Doug Henderson, que trabalhou com a banda nos dois LPs acima mencionados e ajudou a re-master álbum do grupo de 1988 Feel Good Now.
Créditos anteriores de Henderson incluem, Devendra Banhart, Antony and The Johnsons, e System Of A Down.

Com apenas Gira e Kane transitando, da formação do primeiro EP, a coisa verdadeiramente bizarra sobre a primeira versão completa dos Swans ‘é que, com a sua própria raiva além de toda forma de raiva, pode-se realmente dançar em breves pontos( Gira atacou fisicamente um membro do público num show na época do lançamento deste álbum). Mas o ponto é que a angústia e morte é esmagadora nas canções, como em “Big Strong Boss ” com letras como “Corta a minha garganta, mata a cobra, faça o que eu digo, você é o chefe”.

Falando sobre a re-edição, que será a primeira vez que Filth será prenssado nestes notáveis 24 anos, a banda de Michael Gira emitiu um comunicado. E ele diz:”This is all slabs of sound, rhythm and screaming/testifying. What more do you need? In a way, it was a reaction against Punk (and just about any other music you can think of), and the conservative notion that 3 chords were somehow necessary. I used to deny it vehemently at the time, but No Wave (I “hated” that scene too, for some reason I can’t remember now) played a big role as the germ from which this music grew, along with The Stooges and Throbbing Gristle, of course. I wanted Swans to be “heavier” though – I wanted the music to obliterate – why, I don’t remember! I think it just felt good.”

Filth será re-lançado a 27 e 28 outubro.No início deste mês, Swans anunciaram o que será o maior show da banda no Reino Unido, a ser realizado a 21 de maio de 2015 no Roundhouse, em Londres.