BEST DRUMMERS 2012

MikePORTNOY2 Mike Portnoy

HALL OF FAME -Phil Collins ganhou destaque em meados dos anos 70, como baterista da banda britânica Genesis, que liderou um estilo de rock progressivo e contou com longos momentos ímpares, e mudanças dramáticas na dinâmica, ritmo e humor. Como a ascendência do punk e da New Wav no final da década, os Genesis foram uma das poucas bandas que habilmente mais absorveram modernos elementos sonoros, e a sua popularidade cresceu com cada álbum seguinte. Collins simultaneamente começou uma carreira a solo de enorme sucesso, começando com o eternamente popular tema de bateria “In the Air Tonight”. Collins com a sua destreza absolutamente monstruosa na bateria, definida não apenas pela sua capacidade de tocar arranjos muito complexos, mas também pelo seu groove extremamente emotivo, som tom único e compreensão inata de songerait pop. Decidiu aposentar-se em 2011- os ferimentos nas vértebras do seu pescoço são dolorosos ao tocar, e ele preferiu focar as suas energias nos dois jovens filhos- Collins manteve-se na consciência do público, recentemente lançando o CD Going Back, que apresenta interpretações favoritas de canções R & B, e Live in Montreux 2004 DVD.

MVP- Figura central de uma das mais faladas histórias da bateria do novo milénio, Mike Mangini fez o aparentemente impossível, substituir a figura mais visível na moderna banda de rock-progressivo. Claro, a decisão dos Dream Theater para transformar o processo de substituição de recém-saído baterista Mike Portnoy num verdadeiro reality show on-line não doeu no perfil de Mangini. Mangini conhecido pela sua experiência, habilidade técnica e versatilidade musical, é quase absurdamente futurista nos conceitos de percussão e de completa prontidão para o desafio, para não mencionar a sua capacidade de transfixar de volta o status mítico ás audiencias entre os fãs do rock progressivo. Performances desenfreadas de Mike na internacional turné dos Dream Theater 2011, e abordagem na sua estreia da gravação com a banda, fez dele o MPV mais valioso player na cena da percussão do ano passado.

MVP- 1. Mike Mangiani 2. Vinnie Colaiuta 3. Chad Smith 4. Josh Freese 5. Matt Chamberlain.

Parecia óbvio para a maioria dos fãs do rock, 2011 foi o ano dos Foo Fighters, e do bandleader/cantor/baterista Dave Grohl (que liderou nesta categoria o ano passado). Em termos percussão, zelo puro e charme old-school de Taylor Hawkins foi verdadeiramente heróico sobre registo, em concerto, e nas duas apresentações dos Grammy Awards.

MAINSTREAM ROCK- 1 Taylor Hawkins 2. Chad Smith 3. Travis Barker 4. Jason Bonham 5. Brian Tichy

ALTERNATIVE-1.Thomas Pridgen (the Mars Volta) 2. Brooks Wackerman 3. Dale Crover 4. Glenn Kotche 5. Jay Lane

POP – 1. Lary Mullen JR.(U2)2. Matt Flynn 3. Scott Underwood 4. Patrick Carney 5. Nate Morton

Josh Freese.A cena do estúdio pode não é o que costumava ser, mas ainda há espaço para os mestres inabaláveis deixar a sua marca. No ano passado, como a maioria dos anos, Josh Freese esteva ocupado fazendo com os artistas mais populares do grande som. Entre seus significativos 2011 shows:Hard Times and Nursery Rhymes by Social Distortion, Goodbye Lullaby by Avril Lavigne, Ghost on the Canvas by Glen Campbell, Christmas by Michael Bublé, Stronger by Kelly Clarkson, and Memories of a Beautiful Disaster by James Durbin.

STUDIO- 1.Josh Freese 2. Matt Chamberlain 3. John “JR” Robinson 4. Chad Cromwell 5. Jay Bellerose

mikemanginipiercedrumheadMike Mangiani

NEIL PEART- Como diz a velha piada, se uma entrada para o baterista de rock progressivo estava no dicionário, seria Peart que se veria. Neil é um marco cultural com quase quarenta anos de carreira, e parece mais ativo do que nunca. No ano passado, o baterista/letrista dos Rush apareceu na capa de dezembro da MD, lançou o livro Far and Away: A Prize Every Time, participou na tourné da lendária banda canadiana Time Machine, e os DVDs Taking Center Stage e Fire on Ice:The Making of the Hockey Theme, a âncora do primeiro solo de bateria no Letterman.

PROG- 1.Neil Peart 2. Mike Mangini 3. Todd Sucherman 4. Marco Minnemann 5. Carl Palmer

R & B- 1.Tony Royster JR. 2. John Blackwell 3. George “Spanky” McCurdy 4. Chris Dave 5. Gerald Heyward

JAZZ- 1. Jeff Hamilton 2. Jeff “Tain” Watts 3. Terri Lyne Carrington 4. Adam Cruz 5. Jamire Williams

METAL- 1. Chris Adler 2. Matt Halpern 3. Charlie Benante 4. Jeremy Spencer 5. Brann Dailor

CLINICIAN/EDUCATOR- 1. Chris Adler 2. Billy Ward 3. Mike Johnston 4. John Riley 5. Jim Riley

FUSION- 1. Steve Smith 2. Horacio “El Negro” Hernandez 3. Omar Hakim 4. Lenny White 5. Mark Guiliana

PERCUSSIONIST- 1.Luis Conte 2. Taku Hirano 3. Pedrito Martinez 4. Richard Bravo 5. Bashiri Johnson

COUNTRY- 1. Jim Riley 2. Chad Cromwell 3. Rich Redmond 4. Chris McHugh 5. Ben Sesar

UP & COMING- 1. Navene Koperweis 2. Elaine Bradley (Neon Trees) 3. Eric Slick (Dr. Dog) 4. Jonathan Schang (District 97)
5. Chris St. Hilaire (The London Souls)

Anúncios